Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 20/08/2012 15:01
   
  Ex-tesoureiro de Perillo consegue direito de ficar calado na CPI do Cachoeira

Jayme Rincón é esperado pelos parlamentares na quarta-feira (22). Habeas Corpus foi concedido pelo ministro Joaquim Barbosa.

Márcia Sousa
www.g1.com

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa concedeu habeas corpus a Jayme Rincón, ex-tesoureiro da campanha do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), para que ele permaneça calado durante depoimento à CPI Mista do Cachoeira. O depoimento de Rincón está marcado para a manhã desta quarta-feira (22).

Com o habeas corpus concedido pelo ministro do Suprem, Rincón deve ser liberado pelo presidente da CPI, senador Vital do Rêgo PMDB-PB). A liberação dos depoentes é um procedimento tomado pelo presidente da CPI toda a vez que um dos depoentes ou testemunhas se reserva ao direito de permanecer calado, sem responder às perguntas.

No caso dos réus do processo envolvendo o esquema do contraventor, o direito de ficar calado para não produzir provas contra si é previsto na Constituição. Já as testemunhas podem ficar caladas caso consigam um habeas corpus junto ao Supremo Tribunal Federal.

Rincón já foi convocado outras duas vezes para prestar depoimento à comissão, mas apresentou atestado médico e não compareceu.

Ele é presidente de agência estadual de transportes e obras públicas e foi citado em ligações telefônicas interceptadas pela Polícia Federal.

Segundo as investigações da PF, o grupo de Cachoeira depositou R$ 600 mil na conta da empresa Rental Frota Ltda., que tem Rincón como um dos sócios, com 33% de participação. A Rental já confirmou o pagamento, mas diz que se refere à venda de 28 veículos usados.

   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  77% dos deputados federais tentam reeleição, diz levantamento do Diap

Vai a 584 o nº de palestinos mortos na ação militar israelense em Gaza

Operação Férias do Detran aborda quase 28 mil pessoas

Remédios para AVC, infarto e depressão ficam mais baratos

MPF recomenda suspensão do programa Minha Casa, Minha Vida em 11 municípios goianos

Silvânia recebe o projeto CREA Itinerante

Ministério Público do Trabalho pode destinar recursos para construção da sede própria do Conselho Tutelar de Silvânia

Quase 3 mil pessoas continuam fora de casa após chuvas no Rio Grande do Sul

Usuários do Ipasgo reclamam de reajuste de 9,5% nas mensalidades

Rodada do Brasileirão foi ruim para os paulistas e manteve o Flamengo na lanterna

Ver todas as notícias


 

 

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato