Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 29/03/2020 10:18
   
 

  Justiça proíbe manifestações e aglomerações até o dia 30 de abril em Goiás

Artur Dias
www.emaisgoias.com.br Foto: TJ-GO

A Justiça proibiu a realização de manifestações e aglomerações de qualquer natureza até o dia 30 de abril no estado. A decisão atendeu a uma ação civil do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e é endereçada ao governo do estado de Goiás.

No texto, o juiz Adegmar José Ferreira afirma que estão proibidas também as manifestações que já estavam marcadas para este domingo (29) e para segunda-feira (30). O juiz determina também que o governo do estado utilize de todos os meios necessários para impedir a realização dessas manifestações, inclusive o uso de forças de segurança.

O magistrado afirma ainda que todo o cidadão brasileiro tem o direito constitucional de se reunir e de se manifestar. Entretanto, a constituição também assegura o direito à saúde. “[…] permitir o direito de reunião daqueles que desejam realizar manifestações já agendadas e quaisquer outras que venham a cogitar coloca e risco o direito à saúde de todos os outros e até mesmo dos que participarem”, afirma Adegmar.

Além de proibir as manifestações, a decisão impõe ainda que o governo do estado envie um relatório ao MP-GO sempre que houver intervenção das forças de segurança para garantir o cumprimento da decisão.

Governo apoia a decisão

O governador Ronaldo Caiado (DEM) publicou em seu Twitter que recebeu, na manhã deste domingo (29), um oficial de justiça com essa decisão. Ele afirmou ainda que a determinação será cumprida e que todos os órgãos de fiscalização já foram avisados sobre a proibição.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Vianópolis confirma 3º caso de coronavírus

Governo nomeia indicado do Centrão para comandar fundo de R$ 30 bilhões da Educação

Número de casos de coronavírus passa de 500 mil no Brasil

Goiás ultrapassa 3,7 mil casos confirmados de Covid-19 e tem 124 mortes

Presos em Pires do Rio, dois acusados do assassinato de mulher desaparecida em Goiás desde fevereiro

Morador de Gameleira de Goiás morre com sintomas suspeitos de Covid-19

Acordo fixa prazo de 20 dias para análise de pedidos do auxílio de R$ 600

Justiça determina home office nos Correios de Catalão após casos de covid-19

Conselho Estadual de Educação autoriza aulas não-presenciais até 30 de junho

Hospital de Campanha de Porangatu é inaugurado por Ronaldo Caiado

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2019 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato