Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 13/02/2020 08:37
   
 

  Juiz marca data do júri popular dos cinco acusados de envolvimento na morte do radialista Valério Luiz

Vítor Santana
www.g1.com Foto: Reprodução TV Anhanguera


O juiz Lourival Machado da Costa marcou para o dia 23 de junho o júri popular dos cinco acusados de envolvimento na morte do radialista Valério Luiz. O caso estava parado desde que o juiz Jesseir Coelho de Alcântara, que era responsável pelo julgamento, pedir para se afastar do caso, alegando que era suspeito de continuar no processo.

O jornalista e radialista foi morto em 2012 quando saía da rádio em que trabalhava em Goiânia. Cinco pessoas foram denunciadas, entre elas o empresário e dirigente esportivo Maurício Sampaio, apontado como o mandante do crime. Segundo a denúncia, o crime foi motivado pelas críticas constantes de Valério Luiz à diretoria do Atlético, da qual Maurício Sampaio era vice-diretor na época.

O júri está marcado para 8h30, no Fórum Cível, no Park Lozandes. Serão julgados Maurício Sampaio, apontado como mandante, Urbano de Carvalho, acusado de contratar o réu e cabo da Polícia Militar, Ademá Figueiredo para matar o cronista. Também enfrentam o banco dos réus o açougueiro Marcus Vinícius Pereira Xavier, que teria participado do planejamento, e o PM Djalma da Silva, denunciado por atrapalhar as investigações.

O filho do radialista, Valério Luiz Filho, comemorou o agendamento do julgamento. “Estou bem satisfeito. O júri tinha sido marcado anteriormente, mas desmembrado, mas na minha visão isso prejudicaria o caso. O juiz anterior se afastou do julgamento alegando que o fórum não tinha a estrutura necessária, mas foi feito uma reforma e, agora, ele será feito com todos os réus ao mesmo tempo. Na nossa visão, esse é o ideal, estamos com grande expectativa”, disse.

Investigação

A Polícia Civil concluiu, em fevereiro de 2013, que cinco pessoas participaram do crime. O inquérito possui mais de 500 páginas e mais um volume com provas técnicas contra os suspeitos.

O Ministério Público denunciou Maurício Sampaio como mandante do crime. O documento destacava que os comentários feitos por Valério Luiz geraram entre Sampaio e o radialista "acirrada animosidade e ressentimento" por parte do acusado.


   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Kleber França (Patriota) é o entrevistado desta quarta do Giro da Notícia

Saneago retoma cortes no fornecimento de água para inadimplentes

Goiás tem 58 cidades com mais eleitores que habitantes

Silvânia não registra novos casos de Covid-19 há dois dias

Dione Naves (MDB) é o entrevistado desta terça do Giro da Notícia

TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news

Ex é suspeito de matar jovem a tiros e se suicidar em seguida, em Hidrolândia

Tribunal de Justiça de Goiás estabelece calendário para retomada de júris e atividades presenciais

Goiás tem quase 200 mil casos de coronavírus e 4.522 mortes

Polícia apreende carga de cerveja sem nota fiscal que seria levada para Bonfinópolis

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2019 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato