Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 03/12/2019 09:56
   
 

  PIB do Brasil cresce 0,6% no 3º trimestre, puxado pelo consumo das famílias

Darlan Alvarenga e Daniel Silveira
www.g1.com Foto: Gazeta do Cerrado


O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 0,6% no 3º trimestre, na comparação com o 2º trimestre, puxado pelo consumo das famílias e pelo investimento privado, segundo divulgou nesta terça-feira (3) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em valores correntes, o PIB totalizou R$ 1,842 trilhão.

O resultado mostra uma leve aceleração da recuperação da economia entre julho e setembro, embora em ritmo ainda fraco e mais lento do que se esperava no começo do ano.

O IBGE revisou o resultado do PIB do 2º trimestre, para uma alta 0,5%, ante leitura anterior de avanço de 0,4%. Já o resultado do 1º trimestre foi revisado para uma estabilidade, em vez de queda de 0,1%. 

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Entre os grandes setores, a maior alta no 3º trimestre foi da agropecuária com crescimento de 1,3%, seguida pela indústria (0,8%) e pelos serviços (0,4%). Pela ótica da despesa, o consumo das famílias cresceu 0,8% e o investimento 2%. Já o consumo do governo caiu 0,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Ligeira melhora

Em relação ao 3º trimestre de 2018, o crescimento foi de 1,2%. No acumulado em 12 meses, o PIB registrou crescimento de 1%, frente aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Já no acumulado do ano até setembro, o PIB cresceu 1%, em relação a igual período de 2018, informou o IBGE.

O resultado veio um pouco melhor do que o esperado pelo mercado. A maioria das estimativas apontavam para um crescimento entre 0,4% e 0,5% no 3º trimestre. Historicamente, as estimativas para o 3º trimestre possuem sempre um grau de dificuldade maior, por conta das revisões nos resultados dos últimos 2 anos incorporadas na divulgação. No início do mês, o IBGE anunciou que a alta da economia brasileira em 2017 foi maior, de 1,3%, ante 1,1% divulgado anteriormente.


   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano

STF mantém decisão que liberou entrada de turistas em Pirenópolis

Goiás ultrapassa cinco mil casos confirmados de coronavírus e registra 164 mortes

Secretaria da Saúde monitora 85 pessoas em Silvânia e tem quatro casos suspeitos de coronavírus

Prefeitura de Orizona lança aplicativo Monitora Covid-19

Sobe para cinco o número de casos confirmados de Covid-19 em Vianópolis

Prazo para pagar IPTU em parcela única e com desconto em Silvânia vence no dia 15 de julho

Bolsonaro veta repasse de R$ 8,6 bi de projeto para combater coronavírus

Vacina de Oxford contra Covid-19 será testada em 2 mil voluntários no Brasil

Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2019 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato