Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 01/12/2019 10:17
   
 

  Goiás registra mais de 4 mil acidentes com escorpiões em 2019

Diário de Goiás
www.diariodegoias.com.br Foto: Emanuel Marques da Silva

A Secretaria Estadual de Saúde faz um alerta quanto a picadas de escorpiões. Segundo a pasta, baseado no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), ocorreram neste ano 4004 acidentes escorpiônicos em Goiás. Apenas em novembro, foram 223.

De acordo com a secretaria,  o tempo quente e úmido e ambientes entulhados e escuros são a mistura perfeita para a proliferação de animais peçonhentos.

Apenas em Goiânia, até outubro, o Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), referência no atendimento aos acidentes escorpiônicos, notificou 165 casos.

A maioria dos casos ocorre em adultos entre 20 e 59 anos. Para todas as vítimas, a orientação é procurar rapidamente uma unidade de saúde, que fará os primeiros procedimentos no paciente e avaliará a necessidade de soro. Em caso positivo, o paciente é encaminhado a uma das unidades de referência na aplicação dos soros antiveneno, distribuídos às regionais pela Rede de Frios da SES-GO.

Medidas preventivas:

Animais peçonhentos envolvem cuidados com os chamados “4 As” – acesso, abrigo, alimento e água, que devem ser observados para evitar os criadouros.

Acesso:

- Vedar frestas de portas, janelas, tapar buracos ou rachaduras em paredes, vedar ralos de banheiros, pias e tanques.

Abrigo:

- Manter a casa e a áreas ao redor limpas.

- Examinar calçados, roupas pessoais, de cama e banho antes de usá-los, e não deixar pendurados em paredes ou em contato com o chão. Bater os sapatos no chão, para evitar a surpresa de ser picado por escorpiões, aranhas, lacraias etc.

- Escorpiões gostam de viver em ambientes escuros e úmidos (caixas de gorduras, tubulações etc).

- Não colocar a mão em buracos, e sempre utilizar botas e luvas de couro ou de raspa ao adentrar em locais de matas.

Alimento:

- Os animais peçonhentos vão aonde existe lixo, ou seja, focos de alimento para eles (baratas, grilos, gafanhotos, celeiros – grãos – ratos – cobras).

- Caso encontre também serpentes em áreas urbanas, recomendamos ligar para o corpo de bombeiros fazer a captura o animal.

Água:

- Algumas serpentes podem ser encontradas em locais próximos a riachos (jararacas), outras preferem se esconderem em buracos e folhagens e troncos de árvores.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Desemprego fica em 11,2% em janeiro, e atinge 11,9 milhões, diz IBGE

Por risco de surto de coronavírus, Saúde vai antecipar vacinação de gripe no Brasil

OMS: casos de coronavírus foram confirmados em mais nove países

Duas apostas acertam seis dezenas da Mega e dividem R$ 200 milhões

PRF apreende mais de 30 carretas que trafegaram em horário proibido nas rodovias de Goiás

Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil é de 132

Mulher é flagrada ao tentar entrar na Unidade Prisional de Vianópolis com celular escondido nas partes íntimas

Ministério da Saúde investiga três casos suspeitos de coronavírus em Goiás

Governo de Goiás e Caixa entregam 34 moradias em Bonfinópolis neste sábado

Programa Campo em Ação retoma atividades em Silvânia no dia 04 de março

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2019 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato