Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 07/11/2019 09:56
   
 

  STJ condena governador do Amapá a seis anos de prisão

André Richter – Repórter da Agência Brasil
www.agenciabrasil.ebc.com.br Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou nesta quarta-feira (6) o governador do Amapá, Waldez Góes, a seis anos e nove meses de prisão pelo crime de peculato, além da perda do cargo. Por maioria de votos, a Corte Especial entendeu que o governador desviou valores de empréstimos consignados de servidores para custear despesas do governo. 

A perda do cargo deverá ocorrer apenas após o trânsito em julgado da condenação. Como cabe recurso contra a decisão, o governador deve continuar no cargo. 

De acordo com a acusação, o suposto crime teria ocorrido entre 2009 e 2010, durante o primeiro mandato de Goés na chefia do Executivo local. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os valores que eram descontados dos servidores deveriam ser repassados aos bancos credores e não poderiam ser usados para financiar a máquina pública. 

Em nota à imprensa, a defesa do governador reiterou a inocência de Waldez Góes e afirmou que não houve desvio de recursos públicos. De acordo com os advogados, outros acusados no processo foram absolvidos das mesmas acusações. 

"A vida administrativa do Amapá segue normalmente, sem prejuízo do exercício do cargo. O governador tem a certeza de que sua inocência será provada, como aconteceu na Primeira Instância e no Tribunal de Justiça do Amapá, os quais decidiram absolver os demais co-réus que respondiam pelo mesmo fato – o governador apenas respondeu junto ao STJ pela posição que ocupa", disse a defesa.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Sobe para 12 o número de casos confirmados de Covid-19 em Leopoldo de Bulhões

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

Goiás bate recorde e passa de 3 mil casos de coronavírus em um dia

Dos 83 leitos de UTI para Covid-19 na rede estadual de Goiás, 36 estão ocupados

Novo decreto do prefeito de Vianópolis autoriza funcionamento de academias e flexibiliza ainda mais o funcionamento de restaurantes

Vianópolis tem dois novos casos suspeitos de coronavírus

Silvânia tem três casos suspeitos de Covid-19

Agência da Caixa de Silvânia abre neste sábado para pagar auxílio emergencial

Bolsonaro sanciona projeto e municípios da Região da Estrada de Ferro devem receber R$ 34 milhões em auxílio

Gameleira de Goiás tem o segundo caso confirmado de coronavírus

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2019 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato