Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 23/04/2019 09:11
   
 

  Dados sigilosos sobre Previdência ameaçam votação nesta terça na CCJ

Correio Braziliense
www.correiobraziliense.com.br Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

A votação do parecer da admissibilidade da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados corre o risco de terminar em impasse nesta terça-feira (23/4). Isso porque a oposição exige que dados considerados sigilosos referentes à proposta sejam entregues antes da próxima reunião. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que as informações serão liberadas apenas na quinta-feira (25/4), após a votação na CCJ. 

"A CCJ é uma comissão apenas de admissibilidade. Conversei com o secretário especial de Previdência, Rogério Marinho, e ele vai apresentar nesta quinta-feira, 24 (na verdade, quinta-feira é dia 25), os números que embasam a proposta antes da instalação da comissão especial", escreveu Maia no Twitter. 

Na semana passada, o Ministério da Economia revelou que colocou dados referentes à reforma em sigilo. Além das informações não estarem disponíveis ao cidadão, a pasta negou o pedido da Folha de S Paulo de obtê-las por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). 

O líder da oposição, Alessandro Molon (PSB-RJ), repudiou a decisão do governo. "Não é razoável pedir aos parlamentares para se votar às escuras. O governo diz que tem números, fala de uma economia necessária de R$ 1 trilhão, mas se recusa a mostrar os dados que fundamentam isso. O que é que o governo tem a esconder?", questionou. 

Também pelo Twitter, Rogério Marinho confirmou que os dados serão revelados após a CCJ. "Os estudos que embasam a proposta estão descritos na exposição de motivos. Há dois meses, venho repetindo que dados desagregados serão apresentados na comissão especial", escreveu no microblog. "Daremos informações em um nível de transparência muito maior que em todos os governos anteriores. Nenhuma pergunta ficará sem resposta", completou. 

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

Preso suspeito de matar ex-companheira a facadas em Anápolis

Justiça determina que município de Goianápolis construa novo Lar dos Idosos

Polícia Civil de Goiás forma 122 novos delegados

Liberado benefício do PIS/Pasep para os nascidos em agosto

PRF determina cumprimento da suspensão e recolhimento dos radares móveis nas estradas federais

Enel é acionada por irregularidades no fornecimento de energia elétrica em Goiás

Prefeitura de Orizona e IF Goiano assinam convênio para castração de cães

Entidades filantrópicas de Silvânia e Gameleira de Goiás poderão pleitear recursos da Conta Judicial de Execução Penal

Presidente do Tribunal de Justiça de Goiás receberá Título de Cidadão Vianopolino na próxima segunda-feira

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web