Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 09/02/2019 07:38
   
 

  Ministro do STJ nega prisão domiciliar a João de Deus, preso suspeito de abusos sexuais

Vanessa Martins, G1 GO
www.g1.com Foto: Reprodução TV Anhanguera


O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou o pedido de liminar da defesa de João de Deus para que ele seja transferido a prisão domiciliar. A decisão foi dada nesta sexta-feira (8). O médium responde a denúncias de abuso sexual de mulheres que o procuraram para tratamento espiritual. Ele está preso desde 16 de dezembro de 2018 e sempre negou os crimes.

Advogado do médium, Alberto Toron disse que a defesa vai "aguardar o julgamento do mérito", que ainda não tem data para ocorrer.

Os advogados dele alegaram, no pedido, que o preso é idoso, portador de doença vascular grave e que já passou mal na prisão. Em outras ocasiões, os defensores também argumentaram que não haveria perda para a sociedade em manter João de Deus em casa.

O STJ havia pedido informações sobre a situação de saúde do preso para então tomar a decisão. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que enviou o laudo à Justiça também nesta sexta-feira.

Conforme andamento do processo, mesmo com as informações sobre a saúde do preso e tendo negado o pedido da defesa, o ministro decidiu esperar a chegada de “outros esclarecimentos” para então enviar o documento de volta ao Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) para emissão de novo parecer. A publicação da decisão de Nefi Cordeiro está prevista para terça-feira (12).

De acordo com informações do STJ, o ministro se baseou em fatos que antecederam a prisão do médium e o decreto de prisão dele.

Ao justificar a negativa à prisão domiciliar, o magistrado levou em consideração a movimentação financeira registrada antes do médium ser detido e relatos de ameaças a uma das vítimas.

João de Deus está preso no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.


   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Paulo Vieira de Souza, operador financeiro ligado ao PSDB, é preso na 60ª fase da Lava Jato

João de Deus e mulher responderão por posse ilegal de arma

Adolescentes invadem loja e fazem 14 pessoas reféns em Goiânia

Justiça de Goiás decreta prisão temporária do prefeito de Castelândia

Goiás atinge 100% dos imóveis cadastrados no CAR

Promotor recomenda suspender novas escolas padrão século 21 em Goiás até apuração sobre superfaturamento

Issy Quinan vai ao comando da PM reivindicar 190 em Vianópolis

Procurador de Silvânia e Gameleira de Goiás é reeleito para presidir Comissão de Educação da OAB Goiás

MP e Prefeitura iniciam entendimentos para processo seletivo em Gameleira de Goiás

Governo de Goiás prorroga dois convênios do Goiás na Frente em Gameleira de Goiás

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web