Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 16/01/2019 09:55
   
 

  Ministério do Meio Ambiente suspende convênios e parcerias com ONGs por três meses

G1
www.g1.com Foto: Reprodução TV Globo


O Ministério do Meio Ambiente suspendeu todos os convênios e parcerias com Organizações Não Governamentais (ONGs) pelos próximos três meses.

O objetivo da decisão do ministro Ricardo Salles, de acordo com a pasta, é levantar quanto foi pago às ONGs no ano passado. O ministro também determinou que, daqui para frente, tudo o que for relacionado a ONGs passe por avaliação dele.

De acordo com o ministério, com base nesse levantamento, o ministro vai decidir quais convênios e parcerias terão continuidade.

Pela decisão do ministro ficam suspensos por três meses os convênios e parcerias, incluindo termos de colaboração com ONGs firmados com os fundos administrados pelo ministério, também pelo Ibama, ICMbio e o Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Esses contratos e parcerias do Ministério do Meio Ambiente são nas áreas de recuperação florestal, gestão ambiental e segurança alimentar nas comunidades indígenas, e agroextrativismo.

No início do mês, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida provisória determinando que a Secretaria de Governo monitore e supervisione ONGs e organismos internacionais.

Reação

ONGs ligadas à pasta reagiram à medida. Para as organizações, a decisão do ministro é ilegal e pode causar descontinuidade na gestão ambiental.

A ONG Observatório do Clima divulgou nota assinada em conjunto com outras oito entidades. "Fere o princípio da legalidade e levanta, sem elementos mínimos de prova, dúvidas sobre a idoneidade da sociedade civil", afirma.

A nota afirma, ainda, que a medida só poderia ser tomada depois da abertura de processo administrativo, e que vai causar descontinuidade na gestão ambiental federal.


   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

Preso suspeito de matar ex-companheira a facadas em Anápolis

Justiça determina que município de Goianápolis construa novo Lar dos Idosos

Polícia Civil de Goiás forma 122 novos delegados

Liberado benefício do PIS/Pasep para os nascidos em agosto

PRF determina cumprimento da suspensão e recolhimento dos radares móveis nas estradas federais

Enel é acionada por irregularidades no fornecimento de energia elétrica em Goiás

Prefeitura de Orizona e IF Goiano assinam convênio para castração de cães

Entidades filantrópicas de Silvânia e Gameleira de Goiás poderão pleitear recursos da Conta Judicial de Execução Penal

Presidente do Tribunal de Justiça de Goiás receberá Título de Cidadão Vianopolino na próxima segunda-feira

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web