Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 22/10/2018 09:34
   
 

  PF abre inquérito para investigar envio de mensagens no WhatsApp durante eleição

Paulo Henrique Gomes - Agência do Rádio
Da Redação Foto: Reprodução Folha/UOL

A Polícia Federal instaurou no sábado (20) um inquérito para apurar a disseminação de mensagens em massa relativas à disputa presidencial por parte de empresas.

A informação foi confirmada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que determinou a instauração da investigação, nos termos do pedido feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

A procuradora solicitou a investigação para apurar se empresas têm espalhado, de forma estruturada, mensagens em massa em redes sociais relativas aos candidatos a presidente Jair Bolsonaro, do PSL, e Fernando Haddad, do PT.

No Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Jorge Mussi, corregedor-geral eleitoral, foi o nome escolhido para apurar o caso. O caso começou a partir de uma reportagem publicada na quinta-feira pela Folha de S. Paulo. De acordo com o jornal, um grupo de empresas teria financiado, de forma ilegal, uma campanha para espalhar mensagens falsas pelo WhatsApp contra o PT.

A coligação de Fernando Haddad, candidato à Presidência da República pelo PT, pede que Bolsonaro seja considerado inelegível por oito anos, por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

Para o PT, o candidato do PSL tem envolvimento no caso. No entanto, o militar já se pronunciou sobre o assunto e diz que não tem controle sobre ações de seus apoiadores. A chapa de Bolsonaro também prometeu processar o PT.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Rede Estadual de Educação abre matrículas na segunda-feira

Operação da Polícia Civil de Goiás prende 58 criminosos ligados ao PCC

Ministro da Saúde garante liberação de restante do recurso para conclusão da reforma do Hospital Nosso Senhor do Bonfim

Mais de 22 mil jovens infratores estão sob regime de internação no País, diz CNJ

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para o Ministério da Defesa

Risco da febre amarela se aproxima e Ministério da Saúde alerta para a vacinação

Seminário sobre o cultivo de frutas nobres será realizado nesta quarta-feira em Silvânia

Ex-ministro Joaquim Levy será presidente do BNDES no governo Bolsonaro

Anulada questão de matemática do Enem por ser repetida; MEC vai apurar

STJ manda soltar Joesley e executivos da J&F presos na Operação Capitu

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web