Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 07/08/2018 07:38
   
 

  Goiás tem seis candidatos a governador nas eleições 2018

Paula Resende, G1 GO
www.g1.com Foto: Leonardo Prado

Terminado o período de convenções, Goiás apresenta seis candidatos ao governo nas eleições de 2018. Os nomes têm que ser registrados até o dia 15, segundo calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja os nomes confirmados pelos partidos para a disputa ao Governo de Goiás em ordem alfabética:

Daniel Vilela (MDB)

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) oficializou no sábado (4) a candidatura de Daniel Vilela ao Governo de Goiás. O anúncio foi feito durante a convenção do partido, em Goiânia. O nome do vice-governador ainda não está definido.

Filho do ex-governador de Goiás Maguito Vilela, Daniel Vilela tem 34 anos e nasceu em Jataí, no sudoeste goiano. Formado em direito, ele foi eleito deputado federal em 2014. Antes, o político já havia sido vereador de Goiânia e deputado estadual.

José Eliton (PSDB)

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) confirmou a escolha de José Eliton para disputar a reeleição ao Governo de Goiás nas eleições de 2018. A candidatura do tucano foi lançada em convenção no Ginásio Goiânia Arena, na capital, que contou com a participação de outros 10 partidos. A coligação definiu a ex-secretária de Educação, Raquel Teixeira (PSDB) como vice.

José Eliton é o atual governador do Estado de Goiás, após ocupar a vice-governadoria por 7 anos e 3 meses. É natural de Rio Verde, no sudoeste Goiano, mas cresceu e estudou em Posse, no nordeste goiano. Além de vice-governador, José Eliton acumulou as funções de presidente da Companhia Energética de Goiás (Celg-Par), em 2011, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação, em 2015, e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária por quase dois anos, até 2017.

Kátia Maria (PT)

O Partido dos Trabalhadores (PT) oficializou a escolha da professora Kátia Maria como candidata ao Governo de Goiás nas eleições de 2018. A legenda não definiu quem será vice na chapa. A candidatura foi anunciada durante a convenção realizada no diretório estadual do partido, em Goiânia.

Kátia Maria tem 42 anos, é natural de Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia, é professora e consultora de gestão e planejamento. A candidata é formada em pedagogia e tem mestrado em estudos socioambientais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Começou a vida política no Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Senador Canedo e, na sequência, iniciou a atuação no Partido dos Trabalhadores.

Marcelo Lira (PCB)

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) confirmou a candidatura de Marcelo Lira para a disputa do Governo de Goiás nas eleições de 2018. A candidata a vice é Bruna Venceslau, da mesma legenda. A decisão foi tomada em convenção realizada em 19 de julho.

Esta é a primeira vez que Lira disputa uma eleição. Ele é formado em ciências sociais e filosofia, tem mestrado e doutorado em ciências sociais e pós-doutorado em história.

Ronaldo Caiado (DEM)

O Democratas (DEM) confirmou neste sábado (4) a escolha de Ronaldo Caiado como o candidato ao Governo de Goiás. A candidatura foi lançada durante a convenção realizada em Goiânia, que contou com a participação de outros 12 partidos. A coligação ainda definiu o deputado estadual Lincoln Tejota, do PROS, como vice.

Natural de Anápolis, Ronaldo Caiado, de 68 anos, é médico e produtor rural. Ele foi eleito deputado federal por cinco vezes. Em 2014, Caiado se tornou senador. Esta é a segunda vez que ele concorre ao cargo de governador de Goiás.

Professor Wesley Garcia (PSOL)

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou em 29 de julho, durante convenção em Goiânia, a candidatura do Professor Weslei Garcia, de 35 anos, na disputa pelo Governo de Goiás. A candidata a vice, também do PSOL, é Erenilda de Assis, conhecida como Nildinha, de 44 anos.

Weslei Garcia nasceu em Taguatinga, no Distrito Federal, em 1983. Em 2004, Weslei Garcia passou no concurso da Prefeitura de Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF, para onde se mudou. Desde 2005, ele passou a integrar o PSOL.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Ministério do Meio Ambiente suspende convênios e parcerias com ONGs por três meses

Inep divulga notas do Enem na sexta-feira

Três são presos em Pires do Rio acusados de tráfico de drogas

Mais de 62 milhões de brasileiros terminaram 2018 com CPF negativado, aponta CNDL/SPC Brasil

Brasil é o segundo país no mundo com maior número de casos de hanseníase

Bolsonaro assina decreto e facilita posse de armas no Brasil

Motorista de aplicativo é preso suspeito de estuprar passageira e anotar perfil de rede social no corpo da vítima, em Goiânia

Prefeitura de Vianópolis mantém início das aulas na rede municipal de ensino para o dia 21 de janeiro

Início das aulas na rede municipal de ensino de Gameleira de Goiás é adiado para o dia 30 de janeiro

Justiça de Goiás nega habeas corpus e mantém João de Deus preso

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web