Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 22/05/2018 09:49
   
 

  Com presença de ministro, Universidade Federal de Catalão é inaugurada

Márcia Sousa, com informações do portal Mais Sudeste
Da Redação Foto: Divulgação

O ministro da Educação, Rossieli Soares, anunciou nesta segunda-feira, 21, a criação da Universidade Federal de Catalão (UFCat), por desmembramento do campus Catalão, da Universidade Federal de Goiás (UFG).

“Estamos aqui porque acreditamos que a educação é o melhor caminho para o Brasil. E a Universidade Federal de Catalão é o melhor caminho para dar o contexto local, respeitando aquilo que Catalão realmente precisa”, completou o ministro.

A Lei que determina a criação da nova universidade (Lei nº 13.634) foi publicada em 20 de março de 2018. O campus de Catalão da UFG, constituído das unidades 1 e 2, passa a integrar a UFCat, incluindo a transferência automática de seus cursos, alunos regularmente matriculados e cargos.

“A UFCat vai ter um foco muito ligado ao contexto local, ao contexto da comunidade, a economia que é muito pujante nessa região e ter, então, a universidade com a sua identificação”, disse Rossieli Soares. “Para o Governo Federal, incentivar isso é fundamental, especialmente, pelo ensino superior que traz desenvolvimento junto com todo o restante das áreas econômicas da região.”

Segundo o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, a criação da UFCat é uma conquista que vem com a marca da união entre a UFCat e a UFG. “Esse é um projeto que traz esperança para uma quantidade inimaginável de jovens desta região e de todo o país, que hoje já vem estudar aqui. Tudo em busca de uma universidade mais forte”, disse o reitor.

A UFCat já nasce com 35 anos de experiência no ensino, pesquisa e extensão, com cerca de 3.500 alunos, pouco mais de 450 servidores efetivos, cerca de 130 servidores terceirizados, além de 28 cursos de graduação, 10 mestrados e dois doutorados.

O prefeito da cidade, Adib Elias, observou que a cidade tem uma economia importante, um comércio crescente, uma pecuária e uma agricultura grande e uma localização privilegiada. “Quando o jovem passa no vestibular e vem morar aqui, isso acaba transformando essa grande instituição de ensino também em uma indústria importante para a cidade”, afirmou Adib Elias.

Curso de Medicina

O ministro Rossieli Soares aproveitou a oportunidade para lançar a pedra fundamental da construção do prédio da saúde que abriga o Curso de Medicina da universidade. O custo estimado para construção do local, para o curso de medicina, é de aproximadamente R$ 8.850.000,00. A previsão é de que o curso inicie suas atividades em 2019. “Nós hoje estamos aqui simbolicamente dando início a construção do prédio da área de saúde, especificamente o prédio que vai abrigar o curso de medicina aqui em Catalão. O que sempre é um grande sonho da população”, disse o ministro.

O senador Ronaldo Caiado (DEM/GO) lembrou o papel do ex-ministro Mendonça Filho para que a universidade tivesse o curso de medicina. “Com trabalho árduo, ele teve papel importantíssimo para a autorização do curso de medicina aqui”, elogiou. Já o senador Wilder Morais (DEM/GO) lembrou que veio de uma família humilde e que, se não fosse a educação, ele não estaria ali hoje como senador da República. “Me orgulho muito de lutar no Senado Federal pelas causas da educação”, disse.

O edifício contará com 2.680 m² e será composto por laboratório de técnicas operatórias, laboratórios de habilidades médicas, auditório de 100 lugares, salas de tutoria, laboratório multidisciplinar, salas de professores, salas de coordenação, secretarias, cantina, fotocopiadora e banheiros.

IF Goiano

Continuando o dia proveitoso para a cidade, que recebeu mais desenvolvimento, mais educação e mais crescimentos em todos os sentidos, após a doação de uma área de 11 mil e 200 metros quadrados no valor de cerca de R$ 2 milhões por parte da Prefeitura, foi lançada a Pedra Fundamental de construção da sede própria do IG Goiano de Catalão. A solenidade marcou o início das obras que devem custar em média R$ 10 milhões. Desse valor, R$ 4 milhões já foram doados pelo MEC – Ministério da Educação e Cultura. O resultado será uma educação com mais qualidade para os jovens de Catalão.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Inscritos no Enem já podem checar local de provas

Cerca de 85% das delegacias brasileiras não possuem servidores suficientes para realizar suas atividades

Polícia rodoviária terá mais seis unidades operacionais em Goiás

Não temos solução pronta para fake news, diz presidente do TSE

PF abre inquérito para investigar envio de mensagens no WhatsApp durante eleição

Assembleia Legislativa de Goiás deve divulgar edital de concurso nos próximos dias

Justiça Eleitoral suspende uma das rotas do transporte de eleitores em Silvânia para o segundo turno

Sedentarismo: 12% das mortes por câncer de mama são evitáveis

WhatsApp remove contas de disparo em massa de notícias falsas

Aplicação de provas do Enem 2018 terá quatro fusos horários diferentes

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web