Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 15/04/2018 08:45
   
 

  Justiça determina bloqueio de bens e quebra de sigilo para nove investigados da Diocese de Formosa

Melissa Calaça
www.diariodegoias.com.br Foto: Minervino Junior/CB/D.A Press

O juiz Fernando Oliveira Samuel, da 2ª Vara Criminal de Formosa, determinou a penhora online (apreensão eletrônica na conta do devedor) de bens creditados em contas bancárias de nove membros da Diocese e paróquias da cidade de Formosa, investigados na Operação Caifás. O limite do bloqueio é de R$ 1 milhão de reais em cada conta. Foi determinado também a quebra de sigilo bancário e sequestro de bens e imóveis.

A decisão cautelar foi em atendimento a um pedido do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). Os investigados são o bispo de Formosa José Ronaldo Ribeiro, o vigário-geral Epitácio Cardozo Pereira, o juiz eclesiástico Tiago Wenceslau, Guilherme Frederico Magalhães, Moacyr Santana, Mário Vieira de Brito, Antônio Rubens Ferreira, Pedro Henrique Costa Augusto e Waldson José de Melo.

No documento, o juiz justifica o bloqueio de bens devido aos indícios do crime e a futura perda dos bens adquiridos ilegalmente, caso haja condenação. “Portanto, havendo indícios de que os citados representados praticaram os crimes de associação criminosa, apropriação indébita e falsidade ideológica, forçoso o deferimento do pedido do Ministério Público, mesmo porque, caso haja condenação, um dos efeitos será a reparação de danos e a perda de bens adquiridos ilegalmente”, afirmou o juiz.

De acordo com as investigações da operação deflagrada em 19 de março deste ano, o bispo José Ronaldo e os oito padres teriam desviado dinheiro de dízimos e ofertas dos fiéis para proveito pessoal. O Ministério Público estima que foram desviados até R$ 2 milhões de reais, e suspeita-se que o esquema funcionava desde 2015. As investigações tiveram início com denúncias feitas pelos próprios membros da Igreja Católica.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Pesquisa aponta que grupos de família no WhatsApp são o principal transmissor de fake news

Concurso da Polícia Federal abrirá 500 vagas para cinco carreiras

MP de São Paulo vai investigar Geraldo Alckmin por improbidade administrativa

Goiás é o quinto estado brasileiro que mais gerou empregos formais em março de 2018

Mais de 2.400 pessoas já foram vacinadas na Campanha de Vacinação contra a gripe H1N1 em Vianópolis

Enfermeira de Silvânia cria grupo terapêutico de apoio a adolescentes grávidas

Laboratório de Goiânia anuncia que resultado de exame em criança de Silvânia que morreu com suspeita da gripe H1N1 deve ser divulgado na segunda-feira

União Europeia embarga 20 frigoríficos de frango do Brasil

Projeto que obriga escolas a combaterem bullying é aprovado no Senado

STF concede prisão domiciliar a Maluf

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web