Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 12/03/2018 08:37
   
 

  Chuva provoca alagamentos em casas e clubes de Caldas Novas

Kayque Juliano
www.emaisgoias.com.br Foto: Mais Goiás

A forte chuva que atingiu Caldas Novas no domingo, 11, alagou clubes e casas. Moradores tiveram que sair de suas residências e esperar o volume da água baixar para voltarem. Apesar do susto e dos danos materiais, ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, a chuva surpreendeu até mesmo os agentes que trabalhavam no atendimento das ocorrências. O Caldas Thermas Clube (CTC), que fica no centro da cidade, teve um dos bares alagados.

Segundo um funcionário, que não quis se identificar, a área inundada fica próximo ao Córrego Caldas e com a força da chuva, a água subiu. A piscina ficou interditada e o bar ficou tomado pela água. Freezers ficaram danificados. Pela manhã, funcionários trabalhavam na limpeza do local e o clube já funciona normalmente.

“Fazia muito tempo que não víamos uma chuva tão forte. Felizmente tiveram apenas danos materiais e ninguém ficou ferido com o temporal. A corporação ficou empenhada nos atendimentos até às 6h da manhã de hoje”, diz o Tenente do Corpo de Bombeiros, Tarcísio Duarte.

O Balneário Municipal, ponto turístico de Caldas Novas, também ficou alagado. Equipe do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Ação Urbana se mobilizaram e ajudaram na limpeza que terminou na tarde deste domingo (11).

Por volta de 3h da madrugada, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionado para uma ocorrência na Estância dos Buritis, onde o córrego subiu e a água passou sobre a ponte. Três casas ficaram alagadas. Uma mulher e uma criança tiveram que ser retiradas da casa e levadas para os vizinhos onde ficaram por 40 minutos até o nível da água abaixar. Os móveis foram arrastados com a força da enxurrada. Apesar do prejuízo, ninguém ficou ferido.

A superintendente do Núcleo de Meteorologia da Secretaria de Desenvolvimento do Estado, Rosidalva Lopes, dissse que as chuvas podem continuar na região até o dia 17 de março devido a zona de convergência do atlântico Sul que alinha com a frente fria da região Sul do país e atinge a região sudeste e centro oeste do Brasil. Ela reforça estado de atenção para as região centro, norte, leste e noroeste do estado.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Goiás reduz em 73% o índice de infestação do Aedes

Polícia procura menina de 9 anos e trabalha com hipótese de sequestro, em Caiapônia

Acidente na GO-139 deixa um morto e dois feridos, em Caldas Novas

Aprendizado Marista Padre Lancísio fará novo Processo Seletivo para alunos bolsistas

PF indicia Joesley Batista e mais quatro por corrupção

Preço do diesel não sofreu queda prometida por governo em nenhum estado

Em Goiás, preço do etanol sobe 10,66% em 30 dias

Revitalização da GO-020, entre Bela Vista e Cristianópolis, deve ser entregue neste mês

Homem que matou outro por música se apresenta à polícia de Pires do Rio

Homem é preso por agredir mãe de 62 anos de idade em Vianópolis

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web