Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 12/03/2018 08:37
   
 

  Chuva provoca alagamentos em casas e clubes de Caldas Novas

Kayque Juliano
www.emaisgoias.com.br Foto: Mais Goiás

A forte chuva que atingiu Caldas Novas no domingo, 11, alagou clubes e casas. Moradores tiveram que sair de suas residências e esperar o volume da água baixar para voltarem. Apesar do susto e dos danos materiais, ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, a chuva surpreendeu até mesmo os agentes que trabalhavam no atendimento das ocorrências. O Caldas Thermas Clube (CTC), que fica no centro da cidade, teve um dos bares alagados.

Segundo um funcionário, que não quis se identificar, a área inundada fica próximo ao Córrego Caldas e com a força da chuva, a água subiu. A piscina ficou interditada e o bar ficou tomado pela água. Freezers ficaram danificados. Pela manhã, funcionários trabalhavam na limpeza do local e o clube já funciona normalmente.

“Fazia muito tempo que não víamos uma chuva tão forte. Felizmente tiveram apenas danos materiais e ninguém ficou ferido com o temporal. A corporação ficou empenhada nos atendimentos até às 6h da manhã de hoje”, diz o Tenente do Corpo de Bombeiros, Tarcísio Duarte.

O Balneário Municipal, ponto turístico de Caldas Novas, também ficou alagado. Equipe do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Ação Urbana se mobilizaram e ajudaram na limpeza que terminou na tarde deste domingo (11).

Por volta de 3h da madrugada, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionado para uma ocorrência na Estância dos Buritis, onde o córrego subiu e a água passou sobre a ponte. Três casas ficaram alagadas. Uma mulher e uma criança tiveram que ser retiradas da casa e levadas para os vizinhos onde ficaram por 40 minutos até o nível da água abaixar. Os móveis foram arrastados com a força da enxurrada. Apesar do prejuízo, ninguém ficou ferido.

A superintendente do Núcleo de Meteorologia da Secretaria de Desenvolvimento do Estado, Rosidalva Lopes, dissse que as chuvas podem continuar na região até o dia 17 de março devido a zona de convergência do atlântico Sul que alinha com a frente fria da região Sul do país e atinge a região sudeste e centro oeste do Brasil. Ela reforça estado de atenção para as região centro, norte, leste e noroeste do estado.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Bolsonaro e Mourão são diplomados em solenidade no TSE

Em 7 horas, 40 mulheres denunciam ao MP-GO terem sido vítimas de abusos do médium João de Deus

Eleição do novo presidente da Câmara Municipal de Silvânia será nesta terça-feira

Após articulação do MP, Secima suspende emissão de novas licenças ambientais em Orizona e mais 69 municípios goianos

Jovem é preso acusado de tráfico de drogas em Silvânia

Receita libera consulta à restituição do Imposto de Renda na 2ªfeira

Temer anuncia intervenção federal em Roraima até o fim do ano

Deputado estadual Daniel Messac é preso em Goiânia por intimidação a testemunha

Corpo de Bombeiros forma 4ª Turma de Bombeiros Mirins em Silvânia

Governo de Goiás define normas para produção e venda de alimentos artesanais

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web