Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 21/11/2017 08:05
   
 

  Ministério Público faz ação para combater regalias em presídios, em Goiás

Vitor Santana, G1 GO
www.g1.com Foto: Divulgação/MP


O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) faz uma operação nesta terça-feira (21) para combater crimes dentro do sistema penitenciário em Goiânia e Anápolis. São cumpridos 11 mandados de prisão, a maioria na cidade do interior do estado.

Esta é a segunda fase da ação denominada Regalia, que visa desarticular um esquema no qual agentes cobravam propinas para dar benefícios a alguns presos. Uma nota divulgada pelo Ministério Público diz que essa organização criminosa é voltada para a prática de “crimes contra a administração pública e o tráfico de drogas”.

Parte dos mandados é cumprida dentro do Centro de Inserção Social de Anápolis. Ao todo, a equipe é composta por mais de 130 pessoas, entre promotores, delegados e policiais militares.

Na primeira fase, realizada em setembro, um agente prisional e três ex-agentes foram presos. Segundo o Ministério Público, um dos suspeitos chegou a receber R$ 500 mil para fornecer benefícios a um reeducando.

Um vídeo mostra o momento em que um preso é levado por agentes prisionais para visitar família na Região Metropolitana de Goiânia. Durante a visita, o detento, que havia sido condenado a 36 anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas, encontra familiares e até abre uma bebida.

Cerca de 20 minutos depois, um agente recebe algo do preso e divide com os demais. Segundo o MP-GO, seria um maço de dinheiro com a quantia de R$ 6 mil.


   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  40% dos presos no Brasil ainda não foram julgados, aponta Ministério da Justiça

Ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, pede demissão

Inspeção veicular será obrigatória no Brasil a partir de 2020

Edital do novo concurso da Saneago será lançado dia 15

Dois motoristas são presos em Goiás suspeitos de desviar até 3 mil litros de combustíveis por dia

Em Goiás, 10% das mortes por acidente de trabalho são de trabalhadores da construção civil

STF decide que assembleias não podem derrubar prisão de deputados estaduais

Mulheres dedicam mais tempo a afazeres domésticos do que homens, aponta PNAD

Carteira Nacional de Habilitação terá chip a partir de 2019

Cabral é autorizado a prestar Enem para tentar vaga no curso de História

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2016 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Christyano.com.br