Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 19/05/2017 08:19
   
 

  Wesley e Joesley Batista terão imunidade completa

Estadão Conteúdo
www.emaisgoias.com.br Foto: Mais Goiás

O acordo fechado pelos irmãos Wesley e Joesley Batista prevê que os dois executivos não serão sequer denunciados criminalmente pelo Ministério Público Federal, segundo fontes próximas aos executivos. Ou seja, não correm o risco de serem presos, nem de usar tornozeleira eletrônica, como executivos de outras empresas envolvidas na Lava Jato. Além disso, ficou acertado que eles poderiam continuar no comando de suas empresas.

Em contrapartida além das gravações que Joesley fez com o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves, revelados pelo jornal O Globo, os executivos e a empresa terão de entregar todos os negócios ilegais feitos pela companhia. A multa acertada pelo acordo de leniência foi de R$ 250 milhões. Mas é possível que esses valores possam mudar.

Advogados especialistas no assunto dizem que foi um acordo excelente, se comparado aos fechados recentemente pela Odebrecht. Marcelo Odebrecht terá de cumprir ao todo quase dez anos de prisão, entre cadeia e prisão domiciliar. Relatam, entretanto, que ao tomar a dianteira da delação e fazer uma entrega de provas dessa magnitude, é natural que consigam imunidade.

Nos Estados Unidos, o Departamento de Justiça americano também costuma dar imunidade para as empresas que se auto-denunciam e entregam todas as provas. Isso deve facilitar o próprio acordo que a JBS terá de fazer com as autoridades americanas, com as quais já está negociando. O grupo tem forte presença no mercado americano, após a compra de empresas como a Swift e a Pilgrims. Quase metade da produção global do grupo hoje fica nos Estados Unidos.

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Pesquisa aponta que grupos de família no WhatsApp são o principal transmissor de fake news

Concurso da Polícia Federal abrirá 500 vagas para cinco carreiras

MP de São Paulo vai investigar Geraldo Alckmin por improbidade administrativa

Goiás é o quinto estado brasileiro que mais gerou empregos formais em março de 2018

Mais de 2.400 pessoas já foram vacinadas na Campanha de Vacinação contra a gripe H1N1 em Vianópolis

Enfermeira de Silvânia cria grupo terapêutico de apoio a adolescentes grávidas

Laboratório de Goiânia anuncia que resultado de exame em criança de Silvânia que morreu com suspeita da gripe H1N1 deve ser divulgado na segunda-feira

União Europeia embarga 20 frigoríficos de frango do Brasil

Projeto que obriga escolas a combaterem bullying é aprovado no Senado

STF concede prisão domiciliar a Maluf

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2018 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Desenvolvido por DMM Web