Bem-vindo, (entrar) | www.radioriovermelho.com.br
 
   
 
       
 
 
 
 
Início > Últimas notícias > 20/03/2017 09:10
   
 

  Secretário de Defesa Agropecuária diz que não há risco sanitário na carne

Agência Estado
www.aredacao.com.br Foto: Estadão Conteúdo

O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luiz Eduardo Rangel, disse que não existe risco sanitário na carne brasileira e que as questões apontadas pela operação Carne Fraca não trazem risco para a população nem para as exportações. "Não existe risco sanitário e num primeiro momento a ideia é que possamos reagir rapidamente para tranquilizar a sociedade", afirmou, ao chegar ao Palácio do Planalto para reunião com o presidente Michel Temer e representantes do setor.

Rangel disse que o ministério está preparado para reagir rapidamente e informou que serão anunciadas medidas administrativas a serem adotadas ainda nesta semana pela Pasta. Ele disse que nenhum país suspendeu a importação da carne brasileira. "Os países estão esperando uma comunicação oficial do governo brasileiro. É o que vamos fazer com o presidente", afirmou. O secretário disse ainda que o ministério vai fazer avaliações e que tem sistemas de rastreabilidade e poderá retirar mercadorias de circulação, caso seja necessário.

O presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), João Martins, disse que pode ter havido exagero e pirotecnia na Operação Carne Fraca. "Com certeza tem exagero, pelo número de policiais envolvidos", afirmou, ao chegar ao Planalto. Ele disse que os produtores rurais também são vítimas do esquema descoberto pela Operação Carne Fraca e que é importante dar uma satisfação imediata ao povo brasileiro. "Tem que ser e vai ser esclarecido. Tem que saber que 80% da produção de carne fica aqui dentro e a população tem que ter a mesma qualidade da exportação", afirmou. 

   
 
   
  Voltar
   
  Mais notícias
   
  Mais de 22 milhões de animais devem ser vacinados na 1ª etapa da Campanha contra Febre Aftosa em Goiás

MPF pede retorno de mulher de Sérgio Cabral para a prisão preventiva

PM recupera 87 veículos nos quatro dias da Operação Tiradentes em Goiás

Promotor de Justiça propõe implantação de sistema de monitoramento por meio de câmeras em Vianópolis

Presidente da Câmara diz que pretende concluir votação de reforma trabalhista até quinta-feira

PRF desarticula quadrilha que roubava caminhonetes no Sudoeste de Goiás

Brasil registrou queda no número de celulares e de TV por assinatura, diz Anatel

Cartão Reforma atenderá 16 mil famílias em Goiás

Campanha pretende reduzir o contrabando no Brasil

Goiás e Vila Nova vão decidir o Goianão pela 11ª vez

Ver todas as notícias


 

Ouça

 

Assista

 
  Participe
Seu nome:
 

Seu comentário:

 
 
 
  Peça sua música
Seu nome:
 
Cidade/Estado:
 
Sua música:
 
Manda para:
 
 
 
  Redes Sociais
 

 
 
   
 
  © Copyright 2012-2016 - Rádio Rio Vermelho - Todos os direitos reservados

A Rádio | Notícias | Programação | Comercial | Equipe | Contato
Christyano.com.br